Categorias
Blog

Quem Coopera amigo é!


Em 17 anos de carreira como escritor e biógrafo dos principais empreendedores brasileiros, tive a honra de escrever livros e conhecer empresários dos mais diversos segmentos: varejo, indústria, prestação de serviços, terceiro setor.

Claro que, para que eu possa escrever as biografias com realismo e identificar os perfis pessoais e profissionais, eu necessito pesquisar bastante e conversar com o biografado por mais de 100 horas e entrevistar mais 150 pessoas que participaram ou participam da trajetória do protagonista.

Mas há ainda um fato de primordial importância: quanto mais empresários de diferentes setores eu biografo, mais eu conheço pessoas e suas histórias de vida; quanto mais empresários de diferentes setores eu biografo, mais eu aprendo sobre suas áreas de atuação.

Pois quero aqui trazer o case de um dos meus biografados que acredito ser extremamente enriquecedor e importante nesses tempos difíceis de pandemia: falo do fundador da COAMO, José Aroldo Gallassini, engenheiro agrônomo que em 1970 criou aquela que já há alguns anos representa a maior e principal cooperativa agrícola da América Latina.

Aprendi muito sobre um setor que tem se destacado continuamente na economia brasileira: o agronegócio! Em 2020, a COAMO baterá todos os seus recordes: faturamento, produção lucratividade.

O segmento há anos vem se profissionalizando e alcançando resultados expressivos. As regiões de cultivo agrícola são prósperas e possuem comércios bem estruturados. Claro, o dinheiro gira nos municípios. Nesses locais, a “moeda” se chama… saca! É comuns os agricultores e cooperados que vendem suas produções para a COAMO dizerem: “Comprei um carro e paguei X sacas”… “Comprei um imóvel e investi X sacas”… e por aí vai!

Dentro desta riqueza de conhecimentos que adquiri ao escrever esta biografia, há uma importante “pérola” dentro desta “concha”: conhecer a fundo o Cooperativismo! Aqui está um importante ganho de conceitos empreendedores, pois, o cooperativismo tem tudo aquilo que uma empresa sólida necessita para vencer e alcançar sucesso: logística, produção, estrutura, saúde financeira, departamento comercial agressivo e que saiba falar com o mundo.

Existe ainda um dueto componente que acredito ser o verdadeiro DNA do cooperativismo: a credibilidade e a ética! Você pode pensar que a credibilidade e a ética são importantes em tudo que se faz. Isso realmente é a pura verdade. Mas, no cooperativismo, representam a base, a essência, o “oxigênio” que o mantém “respirando”.

Você se lembra da história “Os Três Mosquiteiros”, escrita pelo famoso escritor francês Alexandre Dumas? Pois bem, o “grito de guerra” deles era: Um por todos, todos por um!

O modelo deste negócio é representado pela Cooperativa, que compra, vende, estoca, financia produtos e máquinas e coloca engenheiros agrônomos à disposição dos cooperados, assim como toda a segurança que o agricultor necessita para exercer sua verdadeira vocação: plantar e colher.

Em contrapartida, há milhares de cooperados que trabalham de sol a sol para abastecer a Cooperativa, que buscam pagar seus financiamentos para não afetar a saúde daquela “mãe” de tantos “filhos”. A COAMO tem mais de 28.000 cooperados!

O que mais me chamou atenção neste mundo tão coeso e ajustado é que justamente a união faz a força! As Cooperativas que fazem valer essa escrita, têm sucesso! As Cooperativas que não fazem valer essa escrita, fracassam!

De nada adianta ter uma Cooperativa forte e cooperados fracos. E também é impossível que os cooperados estejam fortalecidos se a Cooperativa padece. Acredito que deste modelo vencedor possamos tirar muitas lições. Ninguém vence sozinho! Um país não pode ser grande se o povo não se empenhar para isso. O comércio não pode ser forte se a indústria está fraca, e vice versa. O sistema financeiro não triunfa num mercado de economia doente e de correntistas inadimplentes.

Então, vamos passar a considerar o Brasil como uma Cooperativa, e cada um de nós como cooperados. Feito isso, só nos resta encher o peito, soltar a voz e dizer todos juntos: Pelo bem do Brasil: um por todos, todos por um!

Elias Awad
Escritor, Biógrafo e Palestrante
eliasawad@eliasawad.com.br
www.youtube.com/eliasawad