Categorias
Blog

NOW! Business – Coragem para fazer diferente


Um dia dedicado aos impactos, tendências e modelos que estão moldando o futuro dos negócios, com Amy Webb, Paula Bellizia, Pascal Finette, Paulo Rogério, Gabriela Priori, Lama Tsering e outros speakers fazendo parte do movimento HSM Expo NOW!.

O poder do agora, por Lama Tsering
O dia começou Lama Tsering, coordenadora do centro budista Odsal Ling. Reconhecida por seu estilo contundente e bem-humorado, ela foca seus ensinamentos no desenvolvimento da compaixão e na aplicação da filosofia budista na vida diária.

Tsering nos convidou a lutar contra os hábitos, viver no presente e ter mais compaixão e amor por todos os seres vivos – ferramentas que, segundo ela, são capazes de mudar o mundo.

“Nossa mente sem medo e sem tempo, no presente, é o maior recurso para este momento. Traga sua luz e ofereça, mesmo que as pessoas não agradeçam, não se importem. A questão é o que você oferece. Dessa forma o mundo muda“, afirma Tsering.

O tempero do Vale do Dendê, por Paulo Rogério
Publicitário e fundador da aceleradora de negócios de impacto social, Vale do Dendê, Paulo Rogério Nunes foi escolhido como um dos afrodescedentes mais influentes do mundo, em 2018, pela organização Most Influential People of Africa Descent.

Em sua palestra, Paulo Rogério mostrou como a aposta na diversidade do consumidor pode colocar o Brasil entre as três maiores economias do mundo e como educação financeira e de empreendedorismo são essenciais nos currículos das escolas.

“O Brasil é muito diverso e isso é um grande ativo. Se investirmos nas populações historicamente mais marginalizadas, temos tudo para estar nas três maiores economias do mundo”, afirma.

Networking: construindo redes e relacionamentos em ambientes digitais, por Gabriela Prioli
O vice-presidente de crescimento e educação continuada da Ânima Educação, Guilherme Soarez, entrevistou a advogada e comentarista da CNN Brasil, Gabriela Prioli.

Mestre em Direito Penal, Prioli leciona no curso de Pós-Graduação em Direito e Processo Penal da Universidade Presbiteriana Mackenzie e é seguida por milhares pessoas em suas redes sociais.

No bate-papo, a advogada traz valiosos insights sobre o poder do networking nos ambientes digitais. “É necessário que haja transparência sobre nossas intenções em relações profissionais e também que o bem estar do outro seja sempre levado em conta, precisamos ponderar no que uma parceria acrescenta ao outro – não somente aos nossos interesses“, sugere Prioli. “Tenha pelos projetos dos outros e mesma deferência e respeito que tem pelos seus, esse é o meu maior conselho”.

Pensamento Exponencial, por Pascal Finette
Cofundador da be.radical e Chair de Empreendedorismo e Inovação Aberta da Singularity University, Pascal Finette é também associado da BOLD Capital Partners, o fundo de capital de risco de $250 milhões de Peter Diamandis.

Finette discorreu sobre o desenvolvimento do conceito de exponencialidade e os impactos do pensamento exponencial nas empresas, nas tecnologias e na humanidade.

“Descobrir hoje o que será importante amanhã. É isso que precisamos fazer como líderes, descobrir como será o futuro, entendê-lo e criar uma narrativa com relação a este futuro. Quando conseguimos exercer essa tarefa, estamos nos preparando enquanto organizações e sociedade“.

Tecnologia e tendências: ainda é possível prever o futuro?, por Amy Webb
A ex-CEO da Microsoft Brasil e atual Conselheira do Burger King do Brasil, Paula Bellizia, entrevistou Amy Webb.

Amy é considerada uma das principais analistas de tendências da atualidade e fundadora do Future Today Institute, organização que ajuda corporações, governos e startups a se prepararem para futuros complexos.

“Não acho que trabalharemos de casa para sempre, no entanto vejo dados que sinalizam que o futuro demandará flexibilidade quanto a isso. Por conta do Covid-19, fomos apresentados às possibilidades de trabalho remoto e estamos acompanhando um novo modelo de migração humana“, afirma.

No que se refere a tecnologias exponenciais, Amy menciona a IA. “Sei que parece estranho mas acho que uma das aplicações mais interessantes da Inteligência Artificial será a biologia sintética. Os pesquisadores conseguirão projetar e reprojetar organismos, isso é uma coisa boa pois, em um futuro próximo, precisaremos propostas para lidar com as mudanças climáticas, soluções de saúde que evoluam com a progressão da sociedade e vacinas que sejam produzidas mais rapidamente“.

Segundo Webb, neste momento há a oportunidade de começarmos a ligar os pontos e observarmos os resultados possíveis de tudo o que está ocorrendo no mundo. “Acredito que as catástrofes podem ser um catalizador para mudanças positivas”, declara.

Em relação ao futuro do emprego, Amy Webb pondera sobre o que estamos fazendo hoje, já que será a base do que ocorrerá amanhã. “Há essa ideia negativa sobre automação e inteligência artificial, que é equivocada. Acho que seria interessante refletirmos sobre o que pode ser delegado a um sistema automatizado. Se voltarmos no tempo, há 20 anos, desenvolvimento de audiência ou supervisão de redes sociais soariam como profissões inventadas. Não quero amenizar a situação, alguns trabalhos realmente desaparecerão, mas outros surgirão” , conclui.

A partir do dia 9 de novembro, você poderá acompanhar o NOW! Week, três dias sobre os movimentos que estão transformando o mundo, a economia e a sociedade. Para acompanhar o evento, que contará com a participação de nomes como Bozoma Saint John, Charles Duhigg, Henry Timms, Jonathan Zittrain e Efosa Ojomo, basta se cadastrar nesse link.