Tempo de leitura: 2 minutos

A expansão do coronavírus colocou o mundo em uma situação sem precedentes. É um grande desafio, que exige buscar uma nova forma de trabalhar e se relacionar, em um momento em que fundamental termos menos contato físico e mais contato virtual, solidário e emocional. Salvaremos vidas ficando em casa.

Falamos tanto de VUCA e estamos na prática vivendo essa volatilidade, pela agilidade, volume da mudança, do inesperado. Complexo e ambíguo com informações conflitantes. Por isso, a necessidade de learning agility se aplica bem a este momento, pois vivemos uma situação inédita de dimensões ainda indefinidas. As equipes de crise estão instauradas e medidas importantes já foram tomadas, mas desconhecemos a duração, alcance, amplitude e consequências que ainda estão por vir.

Diante do caos existem existem reações diferentes. As nossas amígdalas cerebrais estão super ativadas. E que sentimentos são estes? Imaginem uma jornada emocional.

E o que fazer diante deste cenário? Diante do medo é importante restabelecer a segurança!

1. Pensamentos e atitude: mantenha uma atitude consciente e positiva! Gerencie os pensamentos negativos e que distorçam os fatos. É normal que apareçam, simplesmente questione sua validade. E qual o perigo destes pensamentos? Eles ativarem mais ainda a emoção do medo! Ela é perigosa! Porque pode ter consequências negativas para a sua saúde mental. A preocupação é natural neste período e importante para nos adaptarmos a essa realidade. E, claro. Fique atento a propagação deste medo e pânico.

2. Gestão das notícias: cuidado com as famosas Fake News e com o excesso de informação. Ou seja, procure não deixar a televisão ligada o dia inteiro. Faça as suas atividades normalmente dentro de casa. E escolha os horários para ver as noticias. 2 ou 3 vezes por dia.

3. Rotina: tenha uma rotina diária.

4. Utilize a tecnologia: converse com amigos e familiares que estão distantes. Somos seres sociais e precisamos interagir. É o momento de usar o digital e ter uma conexão. Dar atenção e compartilhar!

5. Atividade físicas: se puder fazer atividades físicas em casa, faça! Sera ótimo! Segurança emocional inclui meditação.

6. Sono e alimentação: mantenha o seu sono e alimentação saudáveis.

7. Sol: procure um lugar em casa que tenha sol e de 15 a 20 min por dia (pelas claras) e 30 a 40 min por dia (peles escuras). 3 vezes por semana. Gera Vitamina D e irá ajudar a regular o seu humor.

8. Atividades lúdicas e hobbies: leitura, jogos em família, jardinagem, arte, aprenda algo novo. Distraia-se. Ocupe a sua mente.

9. Segurança Financeira: avaliar reservas, rever despesas, ter criatividade para novas formas de receitas. Renegociar prazos, honrando os compromissos. A economia precisa ser garantida, exerça um consumo consciente, não faça estoques desnecessários.

10. Comunicação: somos responsáveis pelo o que falamos, pelo o que transmitirmos, pela energia, drama e esperança que geramos. É muito desafiador estar distante de parceiros, colaboradores e clientes. Leva um tempo até nos acostumarmos com este novo cenário imposto. É fundamental desenvolver novas habilidades, sendo uma das principais a forma e a qualidade da escuta. Muito cuidado com o comunicar de forma eficaz. Evite gerar confusão, frustração – e causar mais insegurança. Uma pessoa segura e que se comunica bem passa confiança.

11. Reuniōes virtuais: já sabemos que a maioria das reuniões de trabalho são tidas como improdutivas e isso não será diferente migrando para o ambiente digital. A grande vantagem do ambiente virtual é que as organizações têm a oportunidade de rever suas práticas e criar novos rituais. Dicas: Definir claramente o propósito de cada etapa da reunião; Estruturar e equilibrar cada interação buscando engajar todos os participantes; Ampliar a conexão entre as pessoas e o foco nos objetivos definindo ações e responsáveis.

Shana Wajntraub é psicóloga pela Laureate International Universities IBMR com MBA em Gestão de Pessoas pela UFF. Pós Graduada em Neurociências pela Mackenzie. Sócia da Eleve Consulting. Atua há mais de 15 anos em Projetos de Educação Corporativa

[shareaholic app="share_buttons" id="25714566"]
Receba novidades por e-mail.