Tempo de leitura: Menos de um minuto

Nos últimos anos, as chamadas experiências de encantamento se consolidaram como uma vantagem competitiva para empresas do mundo inteiro. O movimento vem alavancando conceitos e técnicas relacionadas a áreas como customer experience (CX) e user experience (UX).

A combinação entre novas tecnologias e as mudanças no comportamento do consumidor levaram marcas de diversos setores a buscar maneiras mais próximas e orgânicas de se conectar com o público, abrindo caminho para o marketing de experiência.

De acordo com uma matéria publicada pela revista Adweek, o marketing de experiência começa a despontar como uma das principais tendências da publicidade. A reportagem traz um depoimento de Patrick Jong, gerente de projetos da agência americana Giant Spoon, que aponta o potencial multiplataforma do live marketing. “[Diferentemente de um show ou evento] Ninguém faz um tweet ou posta sobre um outdoor”, afirma.

A ascensão do marketing de experiência tem ajudado a alavancar alguns movimentos tecnológicos, inclusive. É o caso dos segmentos de realidade aumentada e virtual, cada vez mais explorados por agências e marcas do mundo inteiro.

Enquanto as oportunidades se abrem, fica um alerta para quem aposta no formato: a eficiência de estratégias de experiência está atrelada à padronização da qualidade em todas as pontas da operação. Nesse sentido, a preocupação em encantar o cliente é tão importante na entrega quanto na criação ou no pós-venda.

[shareaholic app="share_buttons" id="25714566"]
Receba novidades por e-mail.