fbpx
Tempo de leitura: 1 minuto

Entre os seus diversos desdobramentos, a revolução das fintechs também contempla tecnologias de facilitação de crédito e plataformas de inclusão para a clientes de baixa renda. As inovações apresentadas por essas startups vão de encontro direto às necessidades de pequenos empreendedores e de uma parcela da população que muitas vezes tem dificuldade em contratar serviços bancários básicos. Conheça abaixo algumas empresas brasileiras que vem se destacando ao democratizar o acesso ao sistema financeiro.

1- Nexoos
A Nexoos oferece uma solução peer-to-peer que conecta empresas a investidores individuais. Nos últimos dois anos, a startup já financiou cerca de R$ 80 milhões em projetos. O processo é feito direto diretamente plataforma, com juros competitivos para os empreendedores e rentabilidade atrativa para os investidores. As análises de risco são feitas com a ajuda de algoritmos de inteligência artificial e incluem consultas de avaliações e perfis em redes sociais.

2- Firgun
Focada em empreendedores de baixa renda, a Firgun, é uma plataforma de crowdfunding que abriga campanhas de microcrédito para pequenos negócios. O valor dos empréstimos individuais varia entre R$ 25 e R$ 4 mil (o montante é devolvido aos credores em parcelas). A ideia é incentivar investimentos sociais feitos por pessoas físicas. Nos últimos dois anos, a startup já apoiou mais de 21 empresários. A meta para 2019 é chegar a 150 campanhas realizadas e movimentar R$ 1 milhão.

3- Banco Maré
A partir de uma plataforma de blockchain, o Banco Maré, oferece serviços de pagamento de contas, recargas, transferências, pagamentos, planos de saúde e assistência para pagamento de dívidas. As transações são concentradas em apenas um aplicativo feitas com a criptomoeda Palafita. O foco são usuários que vivem em comunidades como o complexo da Maré, no Rio de Janeiro, e Heliópolis, em São Paulo. O aplicativo reúne uma base de 23 mil usuários cadastrados.

4- QueroQuitar
O QueroQuitar é um aplicativo que ajuda devedores a renegociarem dívidas com grandes empresas, como bancos e operadoras de telefonia. Os acordos são calculados em até dez minutos. A negociação em lotes de dívidas gera descontos que podem chegar a 80%. Os pagamentos podem ser feitos em até 36 vezes.

Quer conhecer as últimas tendências e tecnologias do mercado financeiro? Inscreva-se no Exponential Finance Brazil. O principal summit de finanças exponenciais do país acontece do dia 10 e 11 de setembro, em São Paulo.

Receba novidades por e-mail.