blogSU: fique por dentro
do universo SingularityU

Fotos e vídeos recuperando o que sonhamos? Órgãos impressos em impressoras 3D para transplantes? Internet do corpo? Tratamentos genéticos individuais? Tudo parece muitíssimo avançado, mas não estamos mais tão distantes dessa realidade, ela está cada vez mais próxima. Inúmeros avanços na pesquisa científica estão sendo motivados por pessoas comuns que enxergam nesse campo do conhecimento a possibilidade de reinventar a medicina, a saúde, o envelhecimento, as terapias. Tudo isso movido por tecnologias exponenciais e inesperadas combinações de aplicações, hardware, sensores etc.

 

Os novos tipos de intervenção tecnológica mexem profundamente no corpo humano e tudo o que se refere a isso tem de passar por um processo intenso e burocrático de proteção à vida das pessoas. Muitos dos protocolos não evoluíram tão rapidamente quanto a tecnologia e os dispositivos criados para apenas monitorar determinados índices corporais precisam passar por um processo longo e muitas vezes caro. Regulação, fabricação, segurança, eis três dos diversos itens que constituem algumas das muitas barreiras de entrada a empreendedores da área médica e de neurociência.

 

Nem por isso o desenvolvimento parou, pelo contrário, está aumentando consideravelmente, uma vez que saúde com qualidade e longevidade são capitais para a humanidade, e a tecnologia e os processos de produção estão cada vez mais baratos e acessíveis.

2018-04-09