blogSU: fique por dentro
do universo SingularityU

Aprendizagem de máquina ou machine learning é o nome dado à capacidade de “treinar” e “ensinar” softwares. Os programas observam e analisam grandes quantidades de dados, descobrindo neles padrões que dificilmente uma equipe de seres humanos conseguiria identificar.

 

As possibilidades de uso são muitas, variando desde recomendar uma série de TV até encontrar indícios de câncer em mamografias. Listamos aqui 10 delas. Conheça!

 

  1. Saúde

 

Uma das maiores contribuições que o machine learning pode nos dar é na área da saúde. Graças a esse recurso, é possível desenvolver ferramentas para diagnosticar uma série de doenças.

 

Um estudo da Universidade de Chicago, por exemplo, criou um software que foi capaz de encontrar indícios de câncer em mamografias de um ano antes do diagnóstico oficial dado às pacientes. O índice de acerto foi de 52%.

 

Além disso, a técnica do aprendizado de máquina pode ser usada em pesquisas sobre biologia e no desenvolvimento de medicamentos.

 

  1. Segurança

 

Computadores também podem ser treinados para detectar comportamentos suspeitos em imagens captadas por câmeras de segurança. Empresas como a IC Realtime e a Boulder AI já disponibilizam produtos do tipo. Assim, é possível alertar equipes de vigilantes e prevenir ocorrências, diminuindo a dependência da atenção humana.

 

A tecnologia também pode ser aplicada aos scanners de bagagem usados em aeroportos, reduzindo o número de alarmes falsos e detectando ameaças que poderiam ser ignoradas pelos funcionários. Assim, os passageiros ganham mais segurança e conforto.

 

  1. Combate a malwares

 

Segundo dados da empresa de segurança Deep Instinct, grande parte dos softwares maliciosos, os chamados malwares, reutiliza código de versões anteriores. A taxa de similaridade fica entre 90% e 98%. A inteligência artificial pode ser treinada para encontrar padrões e, assim, identificar as potenciais ameaças que estão nos 2% a 10% restantes, mitigando a possibilidade de perdas e prejuízos.

 

 

  1. Mercado financeiro

 

A aprendizagem de máquina traz benefícios importantes ao mercado financeiro. Softwares desse tipo podem ser treinados para, por exemplo, detectar tendências de valorização de ações e, assim, oferecer boas oportunidades de negócio a investidores. Além disso, a inteligência artificial consegue aprender a avaliar o crédito de clientes, fazendo a diferença para bancos, financeiras e fintechs.

 

  1. Marketing e atendimento

 

Chatbots estão cada vez mais presentes em lojas onlines e sites de serviços. Com o tempo, a tendência é que esses robôs compreendam com mais precisão as demandas dos consumidores, ajudando a resolver problemas com rapidez e eficiência, reduzindo custos e aumentando a satisfação dos clientes.

 

Porém, esses robôs de conversa podem ir muito além disso, auxiliando em tarefas de pesquisa de mercado — uma maneira rápida, fácil e barata de entender melhor quem são seus clientes — e complementando sua estratégia de marketing de conteúdo.

 

  1. Transportes

 

Há diferentes usos possíveis para machine learning relacionados a transportes. Aplicativos de mapas e GPS, por exemplo, podem deduzir o nível de trânsito de uma via em determinado dia e horário a partir de um histórico de informações e, assim, fornecer caminhos melhores para os usuários.

 

No entanto, a tecnologia permite ir muito além disso. Segundo uma pesquisa da IBM, 74% dos executivos de montadoras acreditam que, até 2025, teremos carros inteligentes nas ruas, com capacidade para tarefas complexas, como direção autônoma, a até mimos e luxos de conforto, como aprender as preferências do motorista para posição do assento e temperatura do ar-condicionado.

 

  1. Assistentes virtuais

 

É bastante provável que seu celular conte com um assistente virtual, seja ele a Siri ou o Google Assistant. Essas tecnologias combinam diversos recursos de aprendizagem de máquina, como, por exemplo, reconhecer voz, entender a linguagem natural e adquirir hábitos do usuário. A inteligência artificial faz até mesmo com que eles soem mais humanos!

 

  1. Combate a fraudes

 

As técnicas de machine learning são bastante versáteis e podem, inclusive, colaborar na prevenção de fraudes. O PayPal, por exemplo, usa esses recursos para evitar que sua plataforma seja usada para lavagem de dinheiro. O uso indevido de cartões de crédito também pode ser identificado com o uso da aprendizagem de máquina.

 

  1. Pesquisas online

 

Motores de busca já fazem parte da nossa vida há mais de uma década que fica até fácil esquecer de sua complexidade. O Google, o Bing e outros sites do tipo analisam em qual resultado você clica, quanto tempo você fica em cada site, se você precisa recorrer ou não à segunda página da lista, entre outros fatores. Assim, eles são capazes de detectar padrões de uso, avaliar sites e fornecer respostas cada vez mais precisas.

 

  1. Recomendação de conteúdo

 

Praticamente toda loja online ou site de conteúdo tem, hoje, um sistema de recomendações de produtos, filmes, séries, músicas, entre outros. Esses softwares usam aprendizagem de máquina para observar o comportamento dos usuários e consumidores e detectar padrões. A Netflix, por exemplo, divide seus espectadores em mais de 2 mil grupos diferentes, com sugestões ajustadas para cada.

 

O machine learning tira proveito da grande capacidade computacional que temos disponível nos dias atuais para fornecer soluções cada vez mais apuradas e eficientes. Saber explorar seus potenciais pode ser o diferencial para o sucesso da sua carreira ou do seu negócio.

2018-04-16