Tempo de leitura: 1 minuto

O avanço da crise do COVID-19 introduziu pessoas e empresas do mundo inteiro ao universo do trabalho remoto. Nessa fase de adaptação inicial, a escolha da plataforma certa é o primeiro passo para levar a rotina do escritório — e o fluxo de informação entre os funcionários — para dentro de casa. Veja abaixo quatro opções de ferramentas gratuitas para testar na sua organização.

Google Suite e Hangouts Meet
A plataforma reúne versões profissionais dos conhecidos serviços de email, documentos, armazenamento e agenda do Google. A versão gratuita permite o compartilhamento de arquivos e a edição de documentos por diversos usuários em tempo real. O suite pode ser integrado com o Hangouts Meet, ferramenta de reuniões que está liberada para todos os usuários até julho.

Microsoft Teams
Plataforma de reuniões à distância e comunicação da Microsoft. As sessões incluem funcionalidades de tela compartilhada, criação de grupos de trabalho e chats entre usuários. O serviço pode ser integrado ao pacote office (usado por boa parte das empresa brasileiras). e troca de mensagens. A versão gratuita abriga até 300 usuários.

Facebook Workplace
Versão corporativa do Facebook. Em um ambiente similar ao da rede social, oferece serviços de reuniões virtuais, messenger, lives e feeds com atualizações para quadros de funcionários da empresa. As sessões podem acontecer em ambientes fechados, com diferentes graus de acesso para os usuários.

Trello
Uma das mais mais conhecidas ferramentas de colaboração e organização de fluxos de trabalho, o Trello oferece uma interface intuitiva para o acompanhamento de tarefas coletivas. Os usuários podem arrastar tarefas entre diferentes quadros de checkpoints, adicionando comentários, atualizações e feedbacks visualizados por todos os membros.

[shareaholic app="share_buttons" id="25714566"]
Receba novidades por e-mail.