fbpx
Tempo de leitura: 2 minutos

Todo empreendedor está sempre em busca de maneiras de inovar e melhorar o desempenho de seu negócio. Entretanto, não há uma fórmula mágica para o sucesso. Então, qual é o melhor jeito de buscar aprendizagem para aperfeiçoar suas estratégias e se sobressair no mercado? Lendo!

Livros são uma ótima maneira de se manter atualizado e, hoje, não faltam obras de grandes gurus da inovação que abordam grandes conselhos de empreendedorismo. Até Bill Gates criou seu próprio blog para poder indicar os títulos que está lendo no momento, além de estimular as pessoas a ler mais.

Mas se você procura em apenas um livro tudo o que você precisa saber sobre gestão, é melhor começar pelo novo lançamento dos autores José Salibi Neto e Sandro Magaldi. Fundadores de grandes empresas com relevância no mercado executivo, como a HSM, eles sentiram na pele todos os desafios de lidar com a 4ª revolução industrial, e sabem melhor do que ninguém o que pode funcionar para o seu negócio, diante de um mundo que está em constante transformação.

Em O que as Escolas de Negócios Não Ensinam– Insights sobre o Mundo Real de Gladiadores da Gestão, Salibi e Sandro compartilham 10 aprendizados que são fundamentais para causar impacto e mudar sua perspectiva de negócio. Todos eles com muita influência de grandes nomes da Gestão, como: Peter Drucker, Jorge Paulo Lemann, Edson Bueno e Flavio Augusto da Silva.

E para você ficar ainda com mais vontade de adquirir esse lançamento, veja abaixo os 3 principais insights e que você só encontra neste livro:

1- Princípios é a alma do negócio
Em um mundo onde a competitividade e a concorrência estão cada vez mais em alta, e novos modelos de negócios surgem a todo instante, o que é preciso para alcançar o sucesso e continuar invicto no mercado? Uma cultura organizacional sedimentada em princípios! No livro, os autores destacam a importância desta competência para conseguir sobreviver a esse período cheio de inconstância e transformações. Outro aspecto relevante é a construção de um relacionamento transparente, baseado na cumplicidade e na confiança entre liderança e os membros de sua equipe.

2- Pessoas comuns, grandes talentos
O cofundador da Pixar, Ed Catmull, uma vez disse que um bom time é composto por pessoas diversas, com diferentes pontos de vista, mas que estão empenhadas em dar o seu melhor. Isso não significa que são todos grandes gênios ou especialistas, mas que são pessoas comuns que, juntas, e acreditando em um mesmo propósito, conseguem dar vida a grandes ideias! Um líder dedicado é aquele que consegue abstrair o melhor de seus colaboradores, encorajá-los e engajá-los dentro da empresa. A mudança de um mindset onde as pessoas precisam ser excepcionais para realizar coisas excepcionais é o primeiro passo para obter melhores desempenhos e, consequentemente, melhores resultados.

3- O mundo muda, mas o essencial permanece
Nos últimos anos, a tecnologia fez o mundo avançar de forma assustadoramente rápida. Transformando negócios, economia, hábitos, comportamentos, cultura, entre tantas outras coisas. De fato, é preciso estar atento a isso para acompanhar todas essas mudanças. Entretanto, o que os autores afirmam neste livro é que a essência da gestão de negócios continua sendo a mesma, o que muda é o contexto. Por isso, não cometa o erro de achar que velhos aprendizados não podem mais ser aplicados nos seus negócios. O mundo muda, mas os conceitos clássicos devem sempre ser levados em consideração.
Esses são só três de tantos outros aprendizados que você pode encontrar no livro “O que as Escolas de Negócios Não Ensinam”. Se você já leu, deixe um comentário contando o que achou!

Natália Fazenda
Área de Conteúdo da HSM

Receba novidades por e-mail.